Criação de Mato Grosso do Sul é tema de Exposição Literária na Biblioteca Isaías Paim
 
30/09/2013 - Enviada por Lais Jara Gasparetto
   
 

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul inaugura no dia 2 de outubro (quarta-feira), às 8 horas, na Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim mais uma Exposição Literária, desta vez celebrando os 36 anos de criação de Mato Grosso do Sul.

Estarão expostas obras especiais que apresentam as diferentes faces da cultura de Mato Grosso do Sul além de uma ampla gama obras de escritores de diversas regiões do Brasil e dos países de fronteira que tanto influenciaram a nossa literatura e músicas típicas.

A diversidade de culturas de nossa literatura é fruto dos povos dos países que aqui fincaram suas raízes e também dos nascidos antes da divisão do Estado, como os irmãos Abílio e Manoel de Barros, um corumbaense e o outro cuiabano, mas que trazem a vivência do pantanal como uma grande fonte de inspiração.

A Exposição começa pelo poeta quase desconhecido que foi o precursor da moderna poesia de nosso Estado, o corumbaense Lobivar de Matos. Também nos lembramos neste mês de outubro de Augusto César Proença, autor da obra de contos Snack Bar, que figura entre os escritores e poetas corumbaenses, posterior a Lobivar.

Na fronteira Brasil-Paraguai há uma grande contribuição para a nossa literatura com as obras do escritor ponta-poranense Elpídio Reis; contribuição que é acentuada pela colaboração do romancista e jornalista douradense Paulo Rocaro e pela vasta produção literária do escritor Hélio Serejo, nascido em Nioaque e criado em Ponta Porã.

De Bela Vista temos Samuel Xavier Medeiros, atual presidente da União dos Escritores Brasileiros de Mato Grosso do Sul, que resgatou a história de Senhorinha Barbosa Lopes, importante figura feminina na Guerra do Paraguai. Amambai é representada pelo poeta da nova geração, Hugo Salum; enquanto Aparecida do Taboado está presente nas poesias de Maria Mendes Stateri.

Também estarão em exposição as obras de autores nascidos em outras regiões do Brasil e que contribuíram para o cenário estadual, como os poetas nordestinos, entre os quais figuram os cearenses Rubênio Marcelo e Guimarães Rocha, com vasta e dantesca produção literária e Reginaldo Alves de Araújo, natural da Paraíba, mas um incansável e dedicado defensor de nossa literatura regional sul-mato-grossense.

Da região sul do país temos o escritor Adair José de Aguiar, natural do Rio Grande do Sul e Lucilene Machado, poetisa nascida no Paraná, que fazem uma ponte com o nosso Estado e criam a união de culturas distintas.

Na crítica literária de nosso Estado temos o professor Marcelo Marinho, um estudioso apaixonado da obra literária de Guimarães Rosa e de Manoel de Barros. E, finalmente, nos lembramos da poetisa Raquel Naveira, nascida em Campo Grande, múltipla em sua obra literária e nos seus mais variados gêneros. Além de escritores não usualmente conhecidos, como o campo-grandense Luciano Alonso, de notória produção na área da pintura e das artes plásticas.

Concomitantemente a Exposição Literária celebra também o centenário do poeta brasileiro Vinícius de Moraes. Dentre as obras que compõem o acervo da biblioteca destacamos os seguintes títulos: Um poeta dentro da vida; O poeta aprendiz; Livro de sonetos; Samba falado; Arca de Noé; Nova Antologia Poética; Para uma menina com uma flor e O poeta da paixão, obra crítica e biográfica sobre o poeta composta pelo estudioso José Castello.

O projeto Exposição Literária apresenta a cada mês um tema que esteja relacionado com livros que integram o acervo da Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim. Tem como finalidade expor obras com temas comemorativos, com objetivo de aproximar dos usuários livros que fazem parte do acervo bibliográfico.

Serviço: As visitas à exposição são abertas ao público. A Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim fica no segundo andar do Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30 horas. Outras informações pelos telefones (67) 3316-9161 e 3316-9177.


 


Fonte: FCMS.

   
 
 
 
   
MS completa 36 anos nesse mes de outubro.
 
       
   
Mapa do MS com suas principais cidades.